Como melhorar a qualidade dos processos da tua empresa…

Quando a empresa entra em rotina, com os teus processos necessitando de inovações, o melhor que pode se fazer é definir alguma estratégia para mudar isso, uma estratégia aconselhada é a aplicação do PDCA.

Conhecido também como ciclo de Shewhart, da qualidade ou de Deming, o PDCA, no qual tem o significado vindo de siglas de palavras inglesas, Plan, Do, Check e Act que traduzidas significam: Planejamento, execução, verificação e ação.

O método que surgiu para sistemas de qualidade, pela sua facilidade passou a ser adotado para o planejamento das empresas. O PDCA, é simplesmente, 4 processos, que seguidos corretamente ajudam a melhorar a estrutura da empresa, e a melhorar a qualidade de produtos e serviços oferecidos.

Os processos do PDCA são:

 

  • Plan: Neste processo é definido o plano,baseando-se em diretrizes ou então nas politicas da empresa,passos como a identificação, reconhecimento das características e descoberta das causas principais do problema (projeto da garantia da qualidade), são feitas neste processo. Este processo é dividido em 5 processos:
      1. Identificação do Problema: é realizado todas as vezes que a empresa se deparar com um resultado (efeito) indesejado, provindo de um processo (conjunto de causas).
      2. Estabelecer meta: o problema será sempre a meta não alcançada, sendo a diferença entre o resultado atual e um valor desejado chamado meta. Toda meta a ser definida deverá sempre ser constituída de três partes – objetivo gerencial, prazo e valor.
      3. Análise do fenômeno: análise detalhada do problema detectado e suas características, por meio de fatos e dados coletados.
      4. Análise de processo: buscar as causas mais importantes que provocam o problema, através da análise das características importantes.
      5. Plano de ação: é o produto de todo processo referente à etapa PLAN em que estão contidas, em detalhes, todas as ações que deverão ser tomadas para se atingir a meta proposta inicialmente.
  • Do: Dividido em treinamento e execução, é o processo responsável por colocar o plano em ação.
    Durante o treinamento, é de grande importância que seja passado todos os detalhes do plano.
  • Check: Medir ou avaliar oque foi realizado na execução do plano, em outras palavras realizar o feedback do plano.
  • Act: Ao final do PDCA, após ter sido planejado, realizado, feito o feedback, as correções devem ser feitas.O PDCA, por ser utilizado para a correção de problemas do cotidiano ou em projetos.Ishikawa (1985) ampliou os 4 passos do Ciclo PDCA para 6:
    1. Definir metas e objetivos;
    2. Definir métodos para atingir as metas;
    3. Educar e treinar;
    4. Executar a tarefa;
    5. Verificar resultados da implementação;
    6. Atuar corretivamente (Realizar a ação de forma apropriada)

 

Como usar as tendências ao seu favor.

Tendencias, é oque podemos dizer que move o mundo, tudo se baseia em oque as pessoas vão procurar, vão se interessar e vão gostar e principalmente querer consumir, em outras palavras tendência é a força que imprime determinado movimento ou orientação. Mas temos que saber diferenciar oque é tendencia do que é realidade, um exemplo é o facebook, a rede social já não é uma tendência, mas sim uma realidade, um modelo que negócio que virou modelo de vida e a empresa que não acompanhou esta ficando para atrás, aliais já ficou.
Algo que podemos dizer que é tendência é o futebol no Estados Unidos, pois lá o esporte cresce exponencialmente, demostrando assim que em um futuro não distante o esporte poderá ser tão lucrativo quando nos países da Europa.
Para que algo se caracterize tendencia, é necessário que o comportamento ou as características de um considerável grupo de pessoas sejam mudados.
Tendências nunca devem ser seguidas pelos empreendedores, pois quem esta seguindo as tendencias esta perdendo a oportunidade de estar à frente dos outros. Empreendedores geram tendencias e não as seguem. Mas fique atento, pois como o Flávio Augusto, do Geração de Valor, diz, as vezes é mais fácil surfar em uma onde já existente, do que fazer surgir uma onda em uma baia.
Mas como usar isso para o teu crescimento?
Primeiramente tem-se que saber quais são as tendências que estão surgindo e como elas estão se comportando. Para isso a Google disponibiliza a ferramenta Google Trends, onde ela faz um levantamento das pesquisas que ouve em seu buscador e transforma em relatório, assim temos acesso ao que todos estão procurando e desejando. Estes relatórios em formatos de gráficos podem ser manipulados e comparados para saber o histórico de algum assunto. Toda analise para se saber se algo é uma tendência ou não, deve-se levar em conta a cultura, a história e o comportamento das pessoas.
Logo após você saber oque todos estão procurando, estão começando a procurar e oque estão deixando de procurar, você pode passar a adotar estratégias de marketing para atingir o público desejado, mas tome muito cuidado com oque você está propondo, pois as vezes o teu público ainda não está preparado para isso.
Para os geradores de conteúdos na internet ser rápido e aproveitar do momento que o assunto está no auge pode ser interessante para o teu site, pois atrai uma grande quantidade de visitas, levando em conta que a procura pelo assunto é alta. Finais de novelas, esportes, assuntos que traz a indignação das pessoas sempre serão tendências que passaram rapidamente e que podem sem usadas para atingir grande parte dos usuários.
Sendo assim, pode-se concluir que o estudo do que as pessoas estão querendo, oque poderão querer e do que irão querer, pode e com certeza terá influência no teu projeto, então um acompanhamento das principais tendencias e a sua analise para que possivelmente você gere uma nova tendencia é fundamental para o crescimento do teu site, blog ou empresa, e lembrando que temos uma grande ferramenta gratuita para facilitar o acesso a informação das tendencias e usá-la é simples, rápida e pode ajudar significativamente.