fbpx

GestorIdeal

8 erros comuns ao começar um negócio

Ao iniciarmos um negócio, começam os desafios, as vontades e tarefas que temos a realizar para que o nosso negócio prospere e alcance os objetivos. Não apenas no início, mas durante toda a nossa jornada empreendedora. Pensando nisso, preparamos 8 erros que todos nós, ou quase todos, cometemos quando começamos um negócio. 

No começo é tudo novo, atividades novas e há uma grande vontade de fazer acontecer, mas é necessário planejamento para organizarmos melhor todas as ideias e objetivos, para evitar caminhar à falência

“O erro acontece de vários modos, enquanto ser correto é possível apenas de um modo.”

Vamos aos os 8 erros:

    1. Enrolar-se com prazos

      É demasiadamente importante organizar-se para cumprir contratos, prazos e combinados. É comum que quem esteja começando tenha o pensamento de que é fácil ter tudo sob controle, mas com o decorrer do tempo, o aumento da demanda, a correria do dia a dia, fica cada vez mais difícil desdobrar-se para dar conta de tudo, o que pode prejudicar o andamento da empresa, deixando passar alguma informação importante.
      Ao fechar um contrato, uma venda, anote os prazos e datas combinados. Organize-se para entregar o produto/serviço no tempo estabelecido em comum acordo. Em caso de intercorrências e imprevistos, deixe sempre o cliente à par da situação, dentro das possibilidades.

    2. Sem comprometimento  

      Mantenha a disciplina de horários e frequência de comparecimento ao estabelecimento, ou dedicação ao negócio. Principalmente no início, o novo empreendimento demandará total dedicação. É indispensável criar uma rotina de comprometimento com a empresa, só assim para manter tudo em equilíbrio e passar uma boa imagem aos clientes e possível clientela, além de motivar os funcionários.

    3. Desorganização financeira

      A principal dica que se pode dar é, ao abrir um negócio, que seja de forma organizada, utilizando um sistema de gestão. Projeções, estratégias e previsões são fundamentais para o sucesso de uma empresa. Anotações em cadernos e planilhas podem servir por alguns dias, mas a demanda necessitará um processo automático e mais seguro. 

    4. Trabalhar sem gerenciamento de estoque

       O controle de estoque é tão importante quanto o financeiro. Imagine uma lanchonete que só descobre que acabou o pão na hora de entregar o pedido do cliente, é a mais pura demonstração de amadorismo. O estoque bem organizado reflete em um processo de venda bem estabelecido e um financeiro mais preciso, além do poder maior de barganha com os clientes e fornecedores.

    5. Desistir na primeira dificuldade

      Como abordamos no tópico 2, a falta de comprometimento. Quando falamos em dificuldade, falamos em vencer obstáculos e não perder a esperança de que seguindo os passos certos, o empreendimento logo ganhará estabilidade. Dificuldades sempre estarão presentes na vida de todos que querem crescer.

      “Um negócio é sempre pensado em longo prazo. É preciso ter em mente que o caminho é longo, e os desafios serão muitos”, afirma Aleksandar Mandic, sócio-fundador do aplicativo Wi-Fi Magic.

    6. Achar que empreender trará dinheiro rápido

      O empreendedorismo caminha a passos lentos. Para construir uma empresa, leva tempo. Conquistar clientes, espaço no mercado, desenvolver estratégias, inovar no produto/serviço, entre tantas outras coisas, não acontecerão de um dia para o outro. Fique firme em suas decisões bem tomadas, o sucesso é conquistado aos poucos. 

    7. Esperar que os clientes venham até você

      Nossos clientes são bombardeados por propagandas da concorrência e muitas informações todos os dias, se não tivermos um bom planejamento comercial e um relacionamento legal com nossos clientes, eles não irão nos procurar. Para evitar isso, crie estratégias relevantes e interessantes para manter o relacionamento com os possíveis clientes e os atuais, dê uma atenção especial para àqueles que se mostraram interessados mas não concretizaram a compra. A relação de acompanhamento pós-venda é tão importante quanto as atitudes tomadas para fechar uma.

    8. Grande investimento em qualquer tipo de marketing

      Um planejamento de marketing é fundamental para o sucesso da empresa, saber como atingir o seu cliente faz com que aumente as vendas. Fazer o briefing da marca e definir a persona do seu negócio é essencial, pois assim você saberá qual é o meio de mídia que terá mais retorno e como trabalhar nela. Você pode estar gastando em panfletos, carros de som e outras formas de marketing convencionais e seu potencial cliente estar no Facebook ou no Google, do mesmo modo que você pode estar investido em mídias sociais e seu cliente estar na mídia convencional. 

      Conheça o seu cliente para saber como atingi-lo de uma maneira eficaz, isso reduz seu custo de aquisição de cliente, aumentando o seu lucro. 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Top